Prefeita Maninha Fontenele assina ordem de serviço para a reforma do Hospital Municipal de Luís Correia

Prefeita Maninha Fontenele assina ordem de serviço para a reforma do Hospital Municipal de Luís Correia

Na manhã desta segunda-feira (06), a prefeita de Luís Correia, Maninha Fontenele, assinou a ordem de serviço que autoriza a reforma do Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição, localizado no Centro da cidade.

A obra de reforma e ampliação do Hospital Municipal é resultado de uma parceria com o Governo do Piauí, por meio de uma emenda do deputado estadual Dr. Hélio. Na oportunidade, a prefeita Maninha destacou que a obra é a realização de um sonho e irá proporcionar a ampliação dos atendimentos médicos na unidade.

“É um momento de muita alegria e gratidão a Deus por estarmos aqui, hoje, realizando um sonho da população, possibilitando uma ampliação nos atendimentos médicos aqui no nosso hospital. Agradeço ao ex-governador Wellington Dias; ao ex-secretário e coordenador do Pro-Piauí, Rafael Fonteles; ao ex-secretário Florentino Neto, e também ao atual secretário de Saúde do Estado, Neris Júnior”, comentou a prefeita Maninha Fontenele.

De acordo com a secretária municipal da Saúde (SESA), Marcela Furtado, em 31 anos de fundação, esta será a primeira vez que o Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição passará por uma grande reforma e ampliação em todos os setores.

“Daqui a alguns dias, nosso hospital estará fazendo 31 anos, e nesses 31 anos de fundação, será a primeira vez que esse hospital vai passar por uma grande reforma, ampliação e modernização de todos os setores. A gente fica muito feliz em poder trazer essa modernização, essa ampliação para esse hospital, porque o povo merece”, destacou a secretária Marcela Furtado.

Segundo o deputado estadual Dr. Hélio, a obra já foi licitada e deve começar em breve, destacando que o primeiro desafio é tornar a unidade um grande hospital. “Assinamos a ordem de serviço, já foi licitado e as obras já vão iniciar. Esse é o primeiro desafio: fazer essa intervenção e tornar este aqui um grande hospital”, ressaltou o deputado Dr. Hélio.

Durante a solenidade de assinatura da ordem de serviço também estiveram presentes, o secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior; secretários, vereadores, suplentes de vereadores e lideranças do município.

 

Confira o projeto do hospital:

 

Prefeitura de Luís Correia inaugura reforma de Posto de Saúde e calçamento no Povoado Sobradinho

Prefeitura de Luís Correia inaugura reforma de Posto de Saúde e calçamento no Povoado Sobradinho

A Prefeitura de Luís Correia, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SESA), inaugurou, na última sexta-feira (28), a reforma do Posto de Saúde do Povoado Sobradinho. Na oportunidade, também foi vistoriado o novo calçamento da região.

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Marcela Furtado, a unidade estava há mais de dois anos desativada, dificultando o acesso à saúde para os moradores dessa região. Com a reforma, a unidade recebeu novos mobiliários e equipamentos.

“Hoje estamos devolvendo à população esse Posto de Saúde que estava há mais de dois anos desativado. A reforma desse Posto de Saúde é mais uma conquista, facilitando o acesso à saúde para esses moradores. Além da reforma, a unidade recebeu novos mobiliários e equipamentos para ofertar um atendimento humanizado e com conforto”, destacou a secretária Marcela Furtado.

Segundo a prefeita de Luís Correia, Maninha Fontenele, essa era uma reivindicação antiga dos moradores, e ressalta que a gestão vem trabalhando para melhorar a estrutura da saúde de Luís Correia.

“Para nós é um momento de muita alegria e satisfação estar aqui hoje inaugurando a reforma do Posto de Saúde de Sobradinho. Essa era uma reivindicação antiga dos moradores. Mais uma vez reforço o nosso compromisso em buscar sempre uma melhor qualidade de vida para o nosso povo”, comentou a prefeita Maninha.

Na oportunidade, também foi realizada uma vistoria no resultado das obras de calçamento no Povoado Sobradinho. São 2 mil m² de pavimentação com recursos de emendas do deputado estadual Dr. Hélio. Estiveram presentes o vice-prefeito, Mirialdo Mota; o deputado Dr. Hélio; a secretária da SESA, Marcela Furtado; secretários, vereadores e lideranças do município.

Luís Correia inicia vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19

Luís Correia inicia vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19

Nesta sexta-feira (21), a Prefeitura de Luís Correia, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SESA), iniciou a vacinação contra a covid-19 para crianças de 5 a 11, com comorbidades ou deficiência permanente, na zona urbana e rural da cidade.

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Marcela Furtado, neste primeiro momento estão sendo vacinadas as crianças que apresentam alguma comorbidade ou deficiência permanente, e destaca que a aplicação está ocorrendo em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

“Hoje nós iniciamos a vacinação das nossas crianças, de 5 a 11 anos com comorbidades. A aplicação das doses estão sendo realizadas em todas as nossas UBSs e para receber o imunizante basta ir na unidade mais próxima e fazer o agendamento. Para intensificar a vacinação nós também inauguramos hoje, no Centro Integrado de Saúde (CIS), uma sala exclusiva para a vacinação contra a covid-19, que funcionará das 7h30 às 12h30”, comenta a secretária Marcela Furtado.

Segundo a prefeita da cidade, Maninha Fontenele, esse é mais um passo para que o município volte à normalidade e convoca todos os pais e responsáveis para que levem as crianças para serem vacinadas.

“Nossa cidade deu mais um passo contra a covid-19. Agora chegou a vez das nossas crianças e isso nos deixa muito felizes. Aproveito para chamar todos os pais e responsáveis da nossa cidade para que, quando chegar a vez, leve suas crianças para serem vacinadas. Só com a vacina poderemos voltar à normalidade”, destaca a prefeita Maninha.

Ainda conforme a secretária Marcela Furtado, é muito importante que as crianças também sejam vacinadas. “A função da vacina é proteger a população contra as formas graves de doenças, evitando assim internações e óbitos. A vacinação das crianças nesta faixa etária, além da proteção do vacinado, protege também as demais crianças que ainda não estão na faixa etária da vacinação. Lembrando ainda que o intervalo entre a 1ª e a 2ª dose é de 08 semanas, ou seja, dois meses”, ressalta a secretária.

Na hora da vacinação, é necessário apresentar os seguintes documentos: cartão do SUS ou CPF, cartão de vacinação; laudo, prescrição, exames ou algum documento que comprove a comorbidade ou deficiência permanente.

Prefeitura de Luís Correia realiza mais de 300 atendimentos na primeira ação do “Saúde Itinerante”

Prefeitura de Luís Correia realiza mais de 300 atendimentos na primeira ação do “Saúde Itinerante”

Com o objetivo de levar os atendimentos médicos para perto da população, a Prefeitura de Luís Correia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESA), realizou, nesse sábado (18), a primeira ação do projeto “Saúde Itinerante” com mais de 300 atendimentos no Povoado Brejinho.

“Esses são esforços que temos feito no sentido de melhorar, cada vez mais, a Saúde na nossa cidade, além de descentralizar os atendimentos médicos. Essa foi a nossa primeira ação e, em breve, vamos levar esse projeto para outros povoados e bairros de Luís Correia, fortalecendo os cuidados com a saúde dos luiscorreienses”, comenta a prefeita Maninha Fontenele.

A ação foi realizada de forma simultânea na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Povoado Brejinho e na Unidade Escolar Rita Miranda, das 8h às 13h. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Marcela Furtado, ao todo foram realizados mais 300 atendimentos durante a ação.

“Nós ficamos muito felizes com o resultado do primeiro ‘Saúde Itinerante’. Mobilizamos nossos profissionais para uma manhã de atendimentos médicos e serviços prestados à população de forma rápida e prática. Realizamos mais de 300 atendimentos no Brejinho e, logo mais, iremos levar o projeto para outras comunidades”, destaca a secretária.

Dentre os serviços que foram ofertados à população, estão: consultas médicas com pediatra, ginecologista e clínico geral; exames de ultrassonografia e eletrocardiograma; testes rápidos de hepatite, sífilis e HIV, exames de prevenção; multivacinação para pessoas adultas; distribuição de medicamentos; aferição de pressão e glicemia, além de palestras educativas.

Prefeitura de Luís Correia realiza a 7ª Conferência Municipal de Saúde

Prefeitura de Luís Correia realiza a 7ª Conferência Municipal de Saúde

A Prefeitura de Luís Correia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESA), realiza, no próximo sábado (11), no Sesc Praia, a 7ª Conferência Municipal de Saúde, que este ano tem como tema: “Os Desafios da Saúde em tempos de Pandemia”.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Marcela Furtado, o evento é de grande importância para avaliar a saúde no município, além de contribuir para a discussão de diretrizes de políticas públicas para a área da saúde na cidade.

“Este evento possui extrema importância para o bom funcionamento da gestão municipal, por meio dela será possível avaliar a situação de saúde do município e propor diretrizes para a formulação das políticas públicas de saúde”, afirma a secretária.

A prefeita Maninha Fontenele ressalta que o evento é uma forma de participação popular e possibilita que os gestores ouçam as demandas da população reforçando o compromisso necessário para formular avanços no sistema de saúde da cidade.

“É com muita alegria que nós realizamos esse evento em que os gestores podem ouvir sua população de forma ampla e organizada. A Conferência de Saúde é mais que um instrumento legal de participação popular, além de discutir assuntos importantes para o avanço da saúde na nossa cidade”, ressalta a prefeita Maninha.

A 7ª Conferência Municipal de Saúde será realizada neste sábado (11), das 7h30 às 16h, no Sesc Praia de Luís Correia.

Luís Correia será a 4ª cidade do Piauí a oferecer tratamento de síndrome rara

Luís Correia será a 4ª cidade do Piauí a oferecer tratamento de síndrome rara

Pela primeira vez, o Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição, na cidade de Luís Correia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESA), realizou o tratamento de uma síndrome rara: a mucopolissacaridose. Em breve, a unidade irá poder tratar outros pacientes com a mesma síndrome, se tornando o quarto local que oferece o tratamento em todo o Piauí.

De acordo com a SESA, o primeiro paciente atendido foi o pequeno David Luís, que sofre com a doença rara. Desde o diagnóstico, David e sua família tinham que se deslocar, semanalmente, para Teresina para realizar as sessões do tratamento. A realização do procedimento na cidade se dá devido à aquisição dos equipamentos necessários e aos esforços da equipe da Saúde e do Hospital Municipal.

“Muita gratidão a Deus e a nossa gestora, Maninha, que nos deu todo o apoio na aquisição dos equipamentos necessários e, principalmente, à equipe do nosso Hospital Municipal e à nossa assistente social, Jackeline Marcela, que não mediram esforços para que conseguíssemos oferecer mais conforto e qualidade de vida para o pequeno David Luís e sua família. Temos outra criança com a mesma doença aqui em Luís Correia e muito em breve também estará realizando seu tratamento aqui em nosso Hospital que, a partir de agora, será o quarto hospital a realizar este tipo de tratamento no Piauí”, relata a secretária Municipal de Saúde, Marcela Furtado.

A primeira infusão foi acompanhada pelo diretor clínico do Hospital, quatro enfermeiros e três técnicos em Enfermagem, além da médica pediatra do Hospital Infantil Lucídio Portela, dra. Maria do Espírito Santo. A prefeita de Luís Correia, Maninha Fontenele, destaca que esse é o resultado dos esforços da Prefeitura para melhorar a saúde no município.

“Eu fico muito feliz em poder saber que, agora, essa família será atendida aqui mesmo na nossa cidade, sem precisar se deslocar para outro município. Esse é o resultado dos nossos esforços na luta por equipamentos e melhorias na saúde. Aproveito para parabenizar toda a equipe de Saúde e Assistência Social, responsáveis pelo sucesso desse feito inédito”, comenta a prefeita Maninha Fontenele.

A mucopolissacaridose é uma doença hereditária rara do metabolismo, causada pela formação irregular de enzimas e podem causam diversas manifestações, como hérnias, alterações faciais, limitações articulares, perda da audição, problemas respiratórios e cardíacos, aumento do fígado e baço e déficit neurológico.